sábado, 23 de fevereiro de 2013

[Série] Materiais: Cola e Fitas Adesivas

Bom dia

Hoje, vou falar um pouquinho sobre colas e fitas adesivas, elementos imprescindíveis no scrapbooking. Comecemos pelas colas. Todas nós estamos carecas de saber que produto bom, em scrapbooking, é produto livre de ácido, a fim de evitar o amarelamento das fotos e blá blá blá. Na minha experiência com colas, eu procuro seguir essa máxima. Procuro seguir, mas não sou tão purista assim. Existem colas de várias marcas e tipos, e eu tenho várias e tento usá-las, mesmo que, no caso de algumas, eu não tenha certeza se são acid free

Existem as líquidas, como a da Toke e Crie. Eu iniciei no scrapbooking com essa cola, mas atualmente eu prefiro usar a Cascorez (vou falar especificamente desta cola no próximo post):
Tenho em spray (comprei para colar detalhes com muitos furos, como doilies e letras pequenas, porque ela não escorre e corro meno risco de manchar o trabalho, mas tem um cheiro muito forte na hora da aplicação e você tem que saber dosar na hora de apertar o spray para não sair demais. Essa para decoupage da Toke e Crie é livre de ácido):

Possuo uma caneta de cola da Sakura, também acid free. No começo, confesso que tive muita raiva dela. Comprei pra usar em detalhes feitos com furador de borda contínua, mas ela seca ligeiro demais, e acabei gastando muito e não colando nada. Aí, toda vez que que precisava colar uma tira feita com furador contínuo, tinha que fazer por etapas: passar só em 2cm, colar, passar mais em 2cm, colar, e por aí vai. Pense na mão de obra! Agora, tô usando só para colar strass ou quando quero escrever alguma coisa para colocar glitter ou pó de emboss.

Para fitas, uso a cola pano da Acrilex, mas você tem que passar e esfregar, senão ela deixa a fita meio marcada e fica feio. Mas atenção: eu não sei se a cola pano da Acrilex é acid free, pois não vem dizendo, portanto não cole junto às suas fotos.

Tenho o relevo transparente da Corfix, mas nunca usei como cola, mas já li que pode ser usada para esse fim. Porém, ainda prefiro usar para dar um efeito vítreo aos títulos e outros elementos. 
Ainda tenho a cola para EVA e Isopor da Acrilex, que também serve pra colar botões e outros elementos plásticos. Não sei se é livre de ácido.


Possuo ainda a cola de silicone quente e a pistola de aplicação. Para quem deseja uma secagem muito rápida ou pregar elementos mais pesados, ela é bem indicada. Mas cuidado para não se queimar, pois é bem fácil isso acontecer.
Recentemente, descobri uma cola de silicone líquida. Estou gostando muito para colar elementos plásticos e pesados. A secagem dela é mais rápida que a cola de EVA da Acrilex.
Além da cola tradicional, existem colas coloridas, colas com glitter, colas metálicas, cola puff, cola 3D etc. Eu gosto muito da cola glitter da Acrilex, dá uma efeito lindo e é bem mais barata que as versões estrangeiras.

Recentemente, a Gagi, do blog Gaborin Gaboriela, deu-me a dica de usar cola para lantejoula que é mais consistente e é ótima para pregar elementos muito pequenos, como as letras cortadas na Sizzix, pois ela não escorre tanto. Comprei e aprovei. Estou adorando usar na construção de títulos.



Por fim, tenho a Multcolage da Acrilex que usava em decoupage, vou tentar testar em outros materiais e ver o que consigo. Ah, tenho a de bijouteria também, mas só usava em bijouteria mesmo. Vou experimentar no scrap agora. É cola demais, meu Deus! =)

Passemos para as fitas adesivas. No srap, usamos basicamente dois tipos de fitas adesivas: a dupla face simples e a banana.

As fitas adesivas dupla face são encontradas em rolo em qualquer papelaria, mas existem umas já com aplicadores que facilitam bastante, pois não precisa ficar retirando a "capa" da fita, é aplicada diretamente no papel ou na foto. Os refis são vendidos separadamente. Essas fitas com aplicadores só são mais caras e encontramos em lojas especializadas em scrap.
Entre as fitas dupla face, existem também as chamadas de alta resistência, que são mais "fortes" e indicadas para colar tecidos e enfeites mais pesados, como botões etc. 
Há ainda as Glue Dots, que são fitas dupla face, mas já vem cortadas em formato de bolinha ou quadradinho. São ideais para colar flores, botões etc. Porém, eu as considero caras demais!


Quaisquer que sejam elas, as fitas dupla face são indicadas no scrapbooking por, basicamente, dois motivos: 1) não escorre, então não corre o risco de manchar seu trabalho; 2) a cola líquida, geralmente, não fixa bem a fotografia no trabalho, a  foto fica caindo depois que a cola seca, sem contar que, por ser líquida, pode deformar a foto.

Por sua vez, a fita banana é uma fita dupla face, mas ela possui um emborrachado que dá "relevo" ao elemento que você quer destacar. Dá para criar vários níveis, colando uma camada de fita sobre a outra.

Agora, vocês me perguntam: para que tanta cola, Lelé? Bem, eu ainda não encontrei uma cola que sirva para "tudo" no scrap, por isso possuo as específicas. As que mais uso são a cascorez e a fita banana, as outras são mais pontuais, então duram bastante (eu não tenho todas essas colas que citei). Além disso, produtos das marcas Acrilex, Glitter e Corfiz são baratos (entre R$ 1,50 e R$ 4,50) e, como duram muito tempo, não pesa no orçamento na hora comprá-las. As que considero realmente caras são as colas específicas para scrapbooking, mas até nisso podemos economizar. Porém, isso é assunto para o próximo post. Até lá!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...