quinta-feira, 10 de abril de 2014

[Série] Como economizar em: Aplicador de Tinta da Ranger

Olá, gente

Hoje trago uma dica super legal para economizarmos nos aplicadores de tinta da Ranger, aqueles para fazer distress, ou seja, o "sujinho" com a carimbeira na borda do papel. Por se tratar de uma ferramenta importada, além de não conseguirmos encontrá-la com facilidade em qualquer lojinha de scrap, ela tem um preço meio salgadinho.

Aliás, não trago somento uma dica, mas sim duas. A primeira delas é um vídeo de uma scrapper portuguesa, a Soraia Simões, que ensina a fazer tal ferramente com chipboard e puxadores de gaveta, vejam só:


Ainda em relação ao vídeo, sugiro, no lugar de cola de madeira para colar os chipboards, utilizar cola Cascorez, que se obtém o mesmo resultado e, por ser livre de ácido, podemos utilizá-la depois em nossos scraps sem problema.

Bem, eu já tinha adquirido minha ferramenta antes de ver o vídeo da Soraia, então perdi a chance de economizar. Porém, descobri uma forma de gastar menos com as esponjinhas que utilizamos junto com o aplicador, pois, da mesma forma, são difíceis de encontrar no mercado nacional. Essa dica foi da Little Miss Stamper. Como o vídeo que ela apresenta está em inglês, para facilitar a vida de todo mundo, trouxe o passo a passo em fotos da esponjinha que fiz. Vamos lá:

Aqui está o aplicador com sua almofadinha original. Vejam que ela possui uma espécie de tecido que serve para aderi-la à ferramenta. Na foto de baixo, vemos o velcro para aderir a esponjinha.
Para nossa esponjinha genérica, precisamos de uma esponja de maquiagem e de feltro.
Encontrei esponjinhas por 90 centavos. \o/
Utilizei a esponja original como molde e fiz o risco na esponja de maquiagem. A medida é de 3cm x 4,5cm.
Corte!
Esfregue cola em toda a esponjinha. Eu utilizei uma cola de silicone líquida,
pois ela proporciona uma boa adesão do feltro à esponja.
Cole um pedacinho de feltro e depois corte as rebarbas.
Pronto, meu aplicador original com minha almofada genérica.

Apenas mais algumas informações:
  1. Percebi que, apesar do feltro ter boa adesão ao velcro, ele não é tão firme quanto a esponja original, mas isso não me causou problema nem a almofada ficou caindo quando utilizada;
  2. Depois de colocar e retirar a esponja genérica várias vezes, o feltro vai ficando "felpudo", e isso faz com que a adesão ao velcro diminua consideravelmente. Nessa situação, é preciso sempre cortar os "pelos" que vão surgindo no movimento de colocar e retirar a almofadinha e, assim, a aderência retorna.
Espero que tenham curtido essas dicas. Eu amei e estou usando.

Beijos!

UPDATE EM 19/08/2014:
Resolvi fazer estas esponjas com velcro. Como vocês devem ter percebido, a ferramenta possui a parte mais áspera do velcro aderido a ela. Comprei um velcro de tamanho igual e utilizei somente a parte mais macia e, assim obtive um resultado muito superior ao da esponja feita com o feltro. A fixação da esponja à ferramenta ficou muito mais firme.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...